top of page
Buscar

Usando rótulos de refrigerante para Aprendizagem Ativa

Um de nossos simuladores é o Jogo da Sede em que os alunos simulam a gestão de uma empresa que produz e vende refrigerantes. Para atender o tópico de Criatividade são incentivados a criar seus próprios rótulos dos refrigerantes que lançam no simulador. É uma parte interessante da atividade porque já é um preparo para a vida profissional. É um case de Metodologia Ativa em um jogo que está ativo há décadas, sendo atualizado constantemente - a última atualização do jogo foi publicada em abril de 2023.

 

Os rótulos de garrafas de refrigerantes estão entre o que há de mais interessante no mundo do design. O seu tamanho e a forma como são vistos (enrolados na garrafa) criam condições muito limitadoras para transmitir alguma mensagem.

Na minha primeira visita ao Peru tomei um refri chamado Inca-Cola e aquilo me chamou a atenção para que é um ramo de negócios que pode incorporar conceitos e ideias. Ali estava algo que me chamou a atenção: a nacionalidade inserida naquele rótulo. Outras ideias? Lógico que me lembrei da Itubaína, que foi uma marca que brincou com o nome Tubaína, nome da bebida original que foi copiada durante anos por todo o país. Conta a lenda que o criador da bebida deixou a mesma como domínio público para que todos pudessem beber aquela bebida feita a base de guaraná e sabor tutti-fruti.

Durante muito tempo foi considerada como bebida de caipira e, até, ridicularizada pela moçada. Mas, aí veio o Boko-Moko!



Acho bom explicar que na época deste comercial de televisão, ela ainda era em preto e branco. A ideia foi de que um cara descolado acusava e fugia pessoas que eram boko-moko. A propaganda veiculada pela Antártica teve a intenção de aumentar a participação de mercado com seu refri "Guaraná Champagne Antártica". Um fato interessante é que isso causou um grande embaraço com a França. Aquele país não admitia que ninguém usasse o nome champagne porque é uma denominação de região produtora do vinho desse mesmo tipo. Mas, anos depois, a Antártica foi vendida e o comprador optou por abrir mão da marca e acabou sendo esquecido que tivermos o único refri do mundo que pode usar a marca Champagne. Messfs



Mas aconteceu algo interessante aí. A Antártica foi incorporada pela Brahma, mas a sua participação de mercado no Brasil vem diminuindo em algumas regiões. Por exemplo, há indícios de que na região metropolitana de Ribeirão Preto (SP), o domínio das marcas da Coca Cola têm participação de mercado acima de 90%.

As razões que levaram a esse domínio dessa empresa são várias, mas o seu combate às "tubaineiras" (como a Coca Cola chama os concorrentes brasileiros) parece que está vencendo a guerra pelo mercado.

Um caso interessante é o da marca Dolly apresentada pelo canal Passo a Passo Empreendedor:

.

É uma das marcas que consegue sobreviver à margem das marcas americanas que dominam o mercado. Por ser 100% brasileira tem seu mercado muito limitado pelas investidas da concorrência que chegam a proibir a sua venda através de contratos de exclusividade. Ou seja, as grandes marcas só fornecem se não oferecerem também esta marca. É um caso interessante em que os seus rótulos foram criados com a nossa cultura nacional e não com os mesmos parâmetros globais de Marketing.


Veja um anúncio recente:


Notamos que a abordagem de definir um mercado alvo que é a população brasileira considera muitos aspectos, especialmente a família como o contexto do seu consumidor.








Livro para o síndico

Quem pode pedir uma auditoria da gestão do condomínio?

Assine e receba novos artigos no seu e-mail

Obrigado pela sua inscrição

Quer saber quanto custa uma Auditoria Investigativa de Condomínio?

Organizacao capa so frente.png

Livro com Lançamento previsto para fevereiro/24

AUDITOR ADMINISTRATIVO DE CONDOMÍNIO

Relatório de Auditoria Administrativa para prestação de contas anual, preventiva ou retroativa.

bottom of page