top of page
Buscar

Valorizar seu Condomínio pelo paisagismo

por Eliana Azevedo, paisagista e gestora ambiental

Neste artigo, apresento como utilizar a transformação sustentável para valorizar seu Condomínio pelo paisagismo. Essa é uma questão permanente de todo condômino e por consequência, uma eterna preocupação do síndico.

É claro que todos nós queremos ver a valorização de nossos imóveis ao longo do tempo. Ocorre que, via de regra, a solução passa por reformas de edilícia, quase sempre caras e de execução demorada, o que dificulta a aprovação em assembleia.

Os condomínios mais antigos, em algum momento, certamente precisarão lançar mão de tais reformas para modernizar suas instalações, mas há também uma outra forma muito menos custosa e de grande impacto na valorização do condomínio e na percepção de bem-estar dos condôminos:

a   t r a n s f o r m a ç ã o    s u s t e n t á v e l


Não há tema mais atual do que a necessidade de sermos mais sustentáveis, porém, muitas vezes as pessoas não sabem bem o que fazer para auxiliar nessa transformação.


Sabemos que é preciso tornar nossas cidades mais resilientes às mudanças climáticas, haja visto o que aconteceu no Rio Grande do Sul, mas de que forma?

 

O problema parece grande demais para que a ação de uma pessoa leiga faça a diferença. Quando a resposta não é clara, as pessoas tendem a simplesmente deixar de lado.

No entanto, quando o condomínio ao qual pertencem conduz essa transformação, a sensação de bem-estar é imediata, por tornar efetiva a participação de todos na solução de um problema tão atual, importante e que, à primeira vista, parecia fora do alcance de cada um.

Ok, mas de que forma isso valoriza o imóvel? A valorização se dá a partir do momento em que resta evidente a melhora da qualidade de vida dos condôminos. Áreas com mais verde, que promovam maior integração com a natureza e entre os moradores, tendem a propiciar melhor qualidade de vida. Quando as mudanças atingem positivamente a vida de cada um, os moradores sentem e os vizinhos percebem. É esta percepção que se traduz na valorização imobiliária.

O aumento de áreas verdes e de lazer valorizam o entorno. Isto já é fato em vários bairros, de cidades mundo a fora, que se transformaram utilizando as SBNs – soluções baseadas na natureza, como em Seul, na Coreia do Sul, com a revitalização do rio Cheonggyecheon (vale a pena dar um Google), ou em Nova York (HighLine Park), com a transformação de uma linha férrea abandonada em um parque linear. É um dever de todos cuidar também da paisagem urbana próxima ao seu condomínio.

 

As duas intervenções valorizaram muitíssimo as respectivas regiões.

 


 

 

  


São intervenções muito maiores, alguém dirá...

Não importa a escala da intervenção, é o exemplo positivo que impacta as pessoas, que fica na memória.

Valorizar seu Condomínio pelo paisagismo na prática 

Então, vamos lá... para valorizar seu condomínio pelo paisagismo, o que os condomínios podem fazer para ajudar a tornar nossas cidades mais sustentáveis e resilientes?

Divido aqui com voces algumas das principais ações de baixo custo e grande impacto que podem ser implantadas em condomínios de qualquer tamanho:

·        Reciclar resíduos sólidos – para garantir a correta destinação dos resíduos à cooperativas de reciclagem, o ideal é contratar empresas especializadas que operem desde a coleta ao descarte adequado;

·        Implantar Horta, Pomar e Compostagem – de fácil implantação, costuma ser uma ação que tem grande participação dos condôminos;


 


 

 

 

 

 

 

 


·        Captação, reuso e drenagem do excedente de águas pluviais – esta é uma medida extremamente importante. O ideal é fazer um sistema de irrigação das áreas verdes (jardins) alimentado pelas águas das caixas de contenção e/ou águas subterrâneas que usualmente são descartadas. São sistemas ambientalmente corretos e que economizam na conta de água. Esses sistemas podem ser desenvolvidos por empresas de paisagismo com foco ambiental ou por construtoras;

·        Reforma de calçadas criando Jardins de Chuva – canteiros alagáveis que trazem água da rua para ser drenada no solo, ao invés de sobrecarregar o sistema Municipal de captação de águas pluviais. Além de muito eficientes contra alagamentos, ajudam na recuperação do lençol freático, no aumento de cobertura arbórea e embelezam a área externa do condomínio, revelando a atuação em prol do meio ambiente.

É muito importante que os jardins de chuva sejam desenvolvidos por empresas especializadas em paisagismo ecológico para que se tenha o melhor resultado.

 

 


 

 


·        Promover a Educação Ambiental – promover palestras sobre diversos temas ligados a sustentabilidade urbana. Além de promover a integração entre os condôminos, traz informação de qualidade para todos;

·        Implementar o escambo sustentável – ação muito comum em alguns países, consiste em criar uma sala, em área comum – num subsolo por exemplo – onde os condôminos possam deixar pequenos utensílios em bom estado, que não usam mais, e pegar outros que possam ter interesse.

Essas são ações de grande importância que tem impacto muito positivo na resiliência da comunidade em que estão inseridos e no bem-estar individual.

 Pequenas mudanças podem trazer grandes avanços!

 

Eliana Azevedo

Paisagista e Gestora Ambiental

Presidente da ANP – Associação Nacional de Paisagismo

Sócia da Green House paisagismo

Instagram: @elianaazevedo2023

 

 

109 visualizações

Commentaires


Gostou? Compartilhe

Quer saber quanto custa uma Auditoria Investigativa de Condomínio?

Quem pode pedir uma auditoria da gestão do condomínio?

Assine e receba novos artigos no seu e-mail

Obrigado pela sua inscrição

AUDITOR ADMINISTRATIVO DE CONDOMÍNIO

Relatório de Auditoria Administrativa para prestação de contas anual, preventiva ou retroativa.

bottom of page